Como funciona a licença GPL

Como funciona a licença GPL (Para plugins e Temas)

Se alguém comprar um plugin (ou tema) de um provedor de plugin (ou tema) comercial e depois traduzi-lo, alterar o código e colocá-lo em um mercado para vender, isso seria permitido pela GPL? Se o plugin em questão é 100% licenciado pela GPL, então, sim, isso seria permitido sob a GPL. Essa é uma das liberdades que a GPL confere aos destinatários do software da GPL.

Distribuindo plugins através da GPL

No entanto, a pessoa que traduz, altera o código e vende, precisaria ser cuidadosa:

  • para cumprir o aviso da GPL e outros requisitos;
  • não infringe nenhuma marca comercial (se houver) ou outros direitos de marca;
  • não passe qualquer relação com o desenvolvedor do plugin original ou com a empresa que não existe;
  • não violar qualquer lei de comércio justo que possa ser aplicada no país da pessoa; e
  • não infrinja nenhum direito autoral em arquivos que não sejam de código que acompanham o plugin que não estejam sob a GPL (por exemplo, arquivos de ajuda).

Deste modo posso oferecer uma cópia funcional para todos os alunos executarem os exercícios e principalmente para que possam testar a compatibilidade e até mesmo a utilidade do plugin em um website em desenvolvimento.

Após os testes recomendamos que seja adquirida uma licença dos plugins para que recebem atualização e possam ser colocados em produção.

Deixe um comentário

You have to agree to the comment policy.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.