Plugin Polylang

Plugin Polylang

O Polylang permite criar um site WordPress bilíngue ou multilíngue. Você escreve postagens, páginas e cria categorias e tags de postagem como de costume e depois define o idioma para cada uma delas.

A tradução de uma postagem, seja no idioma padrão ou não, é opcional.

  • Você pode usar quantos idiomas desejar. Scripts de linguagem RTL são suportados. Os pacotes de idiomas do WordPress são baixados e atualizados automaticamente.
  • Você pode traduzir postagens, páginas, mídia, categorias, tags, menus, widgets …
  • Tipos de postagem personalizados, taxonomias personalizadas, postagens e formatos de postagens, feeds RSS e todos os widgets padrão do WordPress são suportados.
  • O idioma é definido pelo conteúdo ou pelo código do idioma no URL, ou você pode usar um subdomínio ou domínio diferente por idioma
  • Categorias, tags de postagem e outras metas são copiadas automaticamente ao adicionar uma nova postagem ou tradução de página
  • Um alternador de idioma personalizável é fornecido como um widget ou no menu de navegação

Se você deseja migrar do WPML, pode usar o plug-in WPML para Polylang

Se você deseja usar um serviço de tradução profissional ou automática, pode instalar o Lingotek Translation, como um complemento do Polylang.

A Lingotek oferece um sistema completo de gerenciamento de traduções que fornece serviços como memória de tradução ou processos de tradução semi-automatizada (por exemplo, tradução automática > tradução humana > revisão legal).

Download “Polylang” polylang.zip – Baixado 11 vezes – 851 KB


Artigos Relacionados


Está gostando dos artigos do blog? Tem muito mais na Área de Membros do Patreon, onde adiciono diariamente conteúdo exclusivo, dicas de plugins, temas e notificações de segurança para assinantes por apenas $1 por mês. Acesse https://patreon.com/luizeof e assine para começar a receber o conteúdo por e-mail ou no app do Patreon.

Reproduzir vídeo

Como funciona a licença GPL

Se alguém comprar um plugin (ou tema) de um provedor de plugin (ou tema) comercial e depois traduzi-lo, alterar o código e colocá-lo em um mercado para vender, isso seria permitido pela GPL.

Se o plugin em questão é 100% licenciado pela GPL, então, sim, isso seria permitido sob a GPL. Essa é uma das liberdades que a GPL confere aos destinatários do software da GPL.

Distribuindo plugins através da GPL

No entanto, a pessoa que traduz, altera o código e vende, precisaria ser cuidadosa:

  • Para cumprir o aviso da GPL e outros requisitos;
  • Não infringe nenhuma marca comercial (se houver) ou outros direitos de marca;
    não passe qualquer relação com o desenvolvedor do plugin original ou com a empresa que não existe;
  • Não violar qualquer lei de comércio justo que possa ser aplicada no país da pessoa; e não infrinja nenhum direito autoral em arquivos que não sejam de código que acompanham o plugin que não estejam sob a GPL (por exemplo, arquivos de ajuda).

Deste modo posso oferecer uma cópia funcional para todos os alunos executarem os exercícios e principalmente para que possam testar a compatibilidade e até mesmo a utilidade do plugin em um website em desenvolvimento.

Após os testes recomendamos que seja adquirida uma licença dos plugins para que recebem atualização e possam ser colocados em produção.

Luiz Eduardo

Infra @ Powertic, Rails Developer, Maintainer do Mautic Docker e do Saelos Docker, Revisor da Tradução do Mautic, Administrador da Comunidade Mautic Brasil.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu