5 Erros comuns ao iniciar um novo WordPress

5 Erros comuns ao iniciar um novo WordPress

O WordPress é ótimo para pessoas que estão começando com seu primeiro site. Ele não exige que os usuários escrevam código, possui ótimas ferramentas SEO e é fácil de gerenciar e é aí que podem acontecer erros.

Ainda assim, existem alguns erros que muitos iniciantes cometem no WordPress. Na verdade, para ser honesto, esses erros não são feitos apenas por iniciantes. É por isso que é hora de compartilhar alguns erros comuns (iniciantes) no WordPress aqui.

1 – Não mudar seus permalinks corretamente

É bom pensar nos seus links permanentes antes de começar a usar o WordPress. Permalinks devem ser permanentes. Então, depois de configurá-los, você realmente não deve alterá-los novamente.

Se você decidir alterar seus permalinks, os URLs das suas postagens serão alterados. Isso significa que os mecanismos de pesquisa não podem mais encontrar suas postagens, pois indexaram o permalink antigo.

Os visitantes que chegam ao seu site por meio dos mecanismos de pesquisa acabam no seu site com uma mensagem de erro informando que a postagem não foi encontrada. A infame mensagem de erro 404. Você quer evitar a todo custo.

Você tem muitas opções para escolher ao decidir sobre uma estrutura de permalink. Na maioria dos casos, no entanto, o mais simples, com apenas o /% postname% /, será suficiente para um URL amigável para SEO.

2 – Não atualizar temas e plugins

Entre o WordPress, plugins e temas pode ser difícil acompanhar todas as atualizações que um site precisa.

Especialmente se tudo estiver funcionando bem, pode ser difícil ver o valor imediato em levar o tempo para processar essas atualizações.

Mas manter os plugins, temas e o próprio WordPress atualizados é uma das tarefas mais importantes que você tem como dono do site. As atualizações não trazem apenas novos recursos, mas muitas vezes consertam bugs e problemas de segurança.

A última coisa que você quer ver acontecer é acabar com um site hackeado, certo?

3 – Ter muitos plugins

Existem mais de cinquenta mil plugins disponíveis no repositório do WordPress, então você tem muitas opções para escolher.

O que torna muito tentador instalar um plugin para cada pequena coisa que você possa imaginar. Mas isso não vem sem um custo.

Não só você terá que manter todos esses plugins atualizados, mas também existem outros riscos. Muitos plugins fazendo coisas extravagantes podem diminuir o seu site, o que significa que você pode acabar com um site lento. Então, avalie com cuidado antes de instalar um novo plugin.

Tecnicamente, um único plug-in pode estragar todo o seu site. Portanto não se trata apenas do número de plug-ins, mas também de ter cuidado com o que você adiciona ao seu site.

4 – Não criar um tema filho ao fazer alterações no código

Ao instalar seu site WordPress pela primeira vez, você obtém um dos temas padrão do WordPress. E talvez esse tema não atenda às suas necessidades. Então você sai na loga jornada para encontrar um novo tema.

Você encontrou um novo tema, instalou e está funcionando bem. Mas, depois de um tempo, você percebe que quer mudar algumas coisas. Antes de mergulhar em como alterar seu tema, você deve criar um tema child e fazer as alterações no tema child.

Ao fazer isso, você terá certeza de que, quando seu tema inicial vir algumas atualizações, você não perderá todas as suas modificações.

Se você seguir os links do parágrafo anterior, poderá aprender como criar seu próprio tema filho. Mas, como acontece com muitas coisas no WordPress, há também um plug-in que faz isso para você.

A propósito, há uma grande chance de você querer apenas fazer algumas alterações no CSS e o Customizador deve ser suficiente para isso. Essa também é uma maneira futura de mudar as coisas sobre o seu tema.

5 – Excluindo o conteúdo da maneira errada

Um dos erros mais comuns ocorre quando você tem seu site instalado e funcionando. Você pode querer apagar mensagens ou páginas. Eles podem não mais servir ao propósito que costumavam fazer e faz sentido removê-los.

No entanto, como os mecanismos de pesquisa indexaram seu site, o conteúdo excluído do site renderizará as infames páginas 404: página não encontrada. Portanto, exclua as páginas do seu site da maneira certa.

Não cometa esses erros!

Estes são os erros mais comuns cometidos no WordPress. Embora você possa ter notado algumas coisas listadas aqui, não são apenas erros que os iniciantes cometem.

Um abraço!


Artigos Relacionados


Está gostando dos artigos do blog? Tem muito mais na Área de Membros do Patreon, onde adiciono diariamente conteúdo exclusivo, dicas de plugins, temas e notificações de segurança para assinantes por apenas $1 por mês. Acesse https://patreon.com/luizeof e assine para começar a receber o conteúdo por e-mail ou no app do Patreon.

Luiz Eduardo

Infra @ Powertic, Rails Developer, Maintainer do Mautic Docker e do Saelos Docker, Revisor da Tradução do Mautic, Administrador da Comunidade Mautic Brasil.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu